Cinco situações surreais que já aconteceram com portugueses no Brasil

Por Giuliana Miranda

Seja pelas novelas, pela imigração, pela música ou mesmo por uma questão afetiva, a maioria dos portugueses conhece pelo menos o básico dos costumes e do modo de falar dos brasileiros.

A recíproca, no entanto, nem sempre é verdadeira… Aqui na terrinha, tem sempre alguém contando alguma situação um tanto bizarra vivida no Brasil.

Por isso, pedi para alguns conhecidos portugueses me contarem suas histórias e reuni as que mais me chamaram a atenção.

1. Sobremesa indigesta

Em algumas regiões de Portugal, bica quer dizer cafezinho Crédito: Giuliana Miranda
Em algumas regiões de Portugal, bica quer dizer cafezinho Crédito: Giuliana Miranda

O engenheiro lisboeta José Costa só queria um cafezinho, mas acabou fazendo uma inspeção hidráulica em sua primeira visita ao Brasil.

Após almoçar em um restaurante com os profissionais de uma construtora, ele disse animadamente que fazia questão “de uma bica” —uma expressão corriqueira para se referir ao cafezinho em Portugal.

Os colegas fizeram cara de espanto mas atenderam à solicitação.

“Eles me levaram a uma loja de material de construção. Eu não tive coragem de explicar o mal-entendido e passei um tempo a inspecionar as torneiras”, diz ele, que agora ri da situação.

2. Português com legendas em português

No Brasil para acompanhar a Copa do Mundo, no ano passado, o empresário João Marcos Marchante surpreendeu-se com o que viu na televisão.

As entrevistas com jogadores da seleção e personalidades de Portugal tinham sempre um ponto em comum: legendas na fala dos portugueses.

De Cristiano Ronaldo ao torcedores, dos mais jovens aos mais velhos, ninguém escapava das letrinhas explicativas.

Ele ficou chocado, mas percebeu ali  como muitos brasileiros têm dificuldade de entender o sotaque e as expressões mais básicas de Além Mar.

Entrevistada portuguesa aparece com legendas em reportagem no Brasil Imagem: Reprodução
Entrevistada portuguesa aparece com legendas em reportagem no Brasil Imagem: Reprodução

Fora da Copa, também são comuns as reportagens no Brasil que legendam as falas dos portugueses. Já em Portugal, o português brasileiro é apresentado sem esse tipo de suporte. As novelas, inclusive, passam em horário nobre exatamente da mesma maneira como são exibidas no nosso país.

3. Pastel de nada

Morando no Brasil há cerca de dois anos, a estudante Joana Pereira comentou com uma amiga que sentia falta de comer pastel de nata. Para sua surpresa, a colega disse que essa iguaria era servida na feira-livre da esquina e a convidou para ir até lá.

ft_pasteisdenata
Os pasteis de Belém são os pasteis de nata mais famosos Foto: Giuliana Miranda

“Era uma barraquinha de japoneses que vendiam pastéis fritos. Minha amiga achou que eu havia dito ‘pasteis de nada’, que na cabeça dela era um jeito português de chamar os pastéis de vento dos brasileiros”, diz ela.

“No Brasil, chamam qualquer doce de pastel de Belém. Ela nunca tinha ouvido falar dos pasteis de nata”, diverte-se.

4. “Como você fala bem o português!”

Parece mentira, mas ainda tem muita gente que não faz ideia de que língua se fala em Portugal.

Não faltam portugueses com relatos de “elogios” pelo perfeito domínio do idioma. Só na minha pequena enquete com conhecidos, foram dez histórias do tipo.

Em visita ao país, a jornalista Carolina Reis passou por esse situação.

Ao notar seu sotaque, uma vendedora quis saber de onde ela era e há quanto tempo estava no Brasil. Ao ouvir a resposta, a vendedora exclamou, admirada: “Nossa, mas você fala muito bem o português! Que língua se fala em Portugal?”.

5. Primeiro-ministro em vestibular do Rio de Janeiro

Assim como as expressões linguísticas, a cara dos políticos portugueses também não é lá muito conhecida no Brasil.

Há alguns meses, uma instituição de ensino à distância do Rio de Janeiro usou uma imagem do ex-primeiro-ministro português José Sócrates (2005-2011) —uma das figuras mais conhecidas e polêmicas da política portuguesa— como garoto-propaganda de seus cursos.

O ex-primeiro-ministro José Sócrates foi parar em propaganda de universidade carioca Crédito: Reprodução
O ex-primeiro-ministro José Sócrates foi parar em propaganda de universidade carioca Crédito: Reprodução

Vestido com um traje acadêmico e com um livro em punho, o político aparecia sorridente em imagem veiculada no site e em redes sociais.

O caso rapidamente notícia em Portugal e a instituição acabou tirando a peça do ar. Segundo declarações à mídia portuguesa, a imagem teria sido comprada em um banco de imagens e foi usada por acaso.

****

Ora Pois no Facebook

Para facilitar o contato com os leitores, o Ora Pois tem uma página no Facebook.

Espero vocês por lá!