Lisboa: a melhor capital europeia para combinar trabalho e lazer

Por Giuliana Miranda

A combinação de baixos custos operacionais, muitos dias de Sol, preços acessíveis, população poliglota e opções de lazer que incluem surfe e golfe fazem de Lisboa a melhor capital da Europa para combinar trabalho e diversão.

A avaliação foi feita pelo suplemento de negócios “Capital”, da rede britânica BBC, que dedicou uma longa reportagem com elogios rasgados à capital portuguesa.

O trabalho destaca os recentes esforços, sobretudo no setor de tecnologia e serviços, que fizeram Lisboa começar a afastar o fantasma da última crise econômica e começar a atrair investimentos de diversas partes do globo.

Vale lembrar: no ano passado, a capital portuguesa levou o título de “região europeia do empreendedorismo em 2015”, concedido pelo Parlamento Europeu.

Ainda no quesito “trabalho”, a BBC ressalta a atuação da Startup Lisboa, uma incubadora que fomenta a criação de novas empresas fundada em 2011. Até agora, a agência já ajudou a criar mais de 300 novos negócios, cerca de 30% com investidores estrangeiros.

“Por conta da evolução tecnológica, as pessoas talentosas podem trabalhar e viver em qualquer lugar, então elas escolhem um lugar agradável para morar, e Lisboa é com certeza um desses lugares”, afirmou Rui Coelho, diretor-executivo da InvestLisboa, a agência de promoção de investimentos da cidade.

Elevador da Bica, no centro histórico de Lisboa, que reúne tradição e vida noturna agitada | Crédito: Giuliana Miranda
Elevador da Bica, no centro histórico de Lisboa, que reúne tradição e vida noturna agitada | Crédito: Giuliana Miranda

Entre os setores de destaque estão as start-ups, as empresas de alta tecnologia, turismo e indústrias criativas.

O aspecto “lazer”, por sua vez, também impressiona.

Lisboa tem uma média de 220 dias de Sol por ano e temperatura amena até no inverno: um ponto fortíssimo em relação às muitas vezes chuvosas e geladas demais capitais européias.

O tamanho relativamente pequeno da cidade, a facilidade de transportes públicos, a oferta de campos de golfe (é um aspecto importante para os britânicos) e a proximidade da costa do Atlântico, com diversas praias para a prática de surfe. ajudam a catapultar os índices de diversão lisboetas.

Além disso, o artigo ainda destaca a informalidade e a acessibilidade do povo português.

O artigo original está disponível aqui, em inglês.

****

Mais Ora Pois!

Já conhece a página do Ora Pois no Facebook? Faça uma visitinha e fique sempre por dentro das atualizações do blog.

E tem novidade: o blog chegou ao Instagram: @orapoisblog . Por lá você encontra belas imagens e algumas dicas de Portugal.