7 motivos para junho ser o mês mais amado em Portugal

Por Giuliana Miranda

Não é exagero dizer: junho é o mês mais amado para muita gente em Portugal.

Dias com Sol praticamente até as 22h, festas nas ruas, sardinha assada…

Confira a lista a baixo e entenda melhor os motivos desta paixão.

1. Festa dos santos populares

 

Festa de são João no Porto | Foto: Turismo do Porto
Festa de são João no Porto | Foto: Turismo do Porto

A tradição das festas juninas no Brasil, embora muita gente não saiba, chegou com os imigrantes portugueses.

De Norte a Sul do país, há arraiais repletos de barraquinhas, bandeirolas e muita animação.

Cada região tem, digamos assim, seu santo preferido. Em Lisboa, a festa mais animada é a de santo Antônio (13 de junho), padroeiro da cidade.

Já no Porto, o forte mesmo é o são João (24). Já em Évora e em Sintra, são Pedro (29) costuma ser o mais popular.

Arraiá de santo Antônio em Lisboa | Foto: Giuliana Miranda
Arraiá de santo Antônio em Lisboa | Foto: Giuliana Miranda

Independentemente da data, é possível achar festas espalhadas pelas cidades, especialmente nos bairros históricos.

 

2. Sardinha assada

 

Sardinha assada em Lisboa | Foto: Iberian Proteus/Flickr

Junho é temporada de pesca das sardinhas, que invadem restaurantes e festas, principalmente da região de Lisboa e do Vale do Tejo.

O prato é tão popular que está até na letra de um fado imortalizado por Amália Rodrigues

A iguaria foi escolhida como uma das 7 maravilhas gastronômicas de Portugal.

Uma ironia: apesar de todo mundo chamar de “sardinha assada”, elas na verdade são grelhadas.

3. Dias muito longos

 

Praia de são Rafael, no Algarve | Foto: Giuliana Miranda
Praia de são Rafael, no Algarve | Foto: Giuliana Miranda

Junho marca o início do verão do hemisfério Norte e seus dias maravilhosamente longos.

Em Lisboa e outras cidades de Portugal, há luz do Sol praticamente até as 22h.

Um convite a aproveitar os 850 km de belas praias lusitanas.

4. Festivais de verão

Edição anterior do festival | Foto: Hugo Lima
Edição anterior do festival | Foto: Hugo Lima/Divulgação

Junho também marca a largada dos grandes festivais de música, cada vez mais populares em Portugal.

Além de Lisboa e do Porto, cidades menores também começam a ter festivais para chamarem de seu.

Em 2017, o NOS Primavera Sounds inaugura a temporada no dia 8.

Em julho, agosto e setembro, a programação continua intensa.

5. Cerejas

 

Barraquinhas vendendo cerejas estão nas ruas de Portugal | Foto: Giuliana Miranda
Barraquinhas vendendo cerejas estão nas ruas de Portugal | Foto: Giuliana Miranda

As deliciosas frutinhas vermelhas invadem as ruas, os supermercados e os restaurantes de todo Portugal.

Por todo o país, é possível encontrar carrocinhas vendendo a fruta. Em geral, por cerca de 3€ ou 4€ o kg.

Maior produtora do país, a região do Fundão, no centro de Portugal, organiza até um festival da cereja, com diversas atrações ligadas à fruta. E muitas bebidas e comidas feitas a base dela…

6. Feira do livro

 

Até o presidente português, Marcelo rebelo de Sousa, deu uma passadinha por lá | Foto: Presidência da República
Até o presidente português, Marcelo rebelo de Sousa, deu uma passadinha por lá | Foto: Presidência da República

Os amantes da literatura perdem o fôlego diante da Feira do Livro de Lisboa.

Em sua 87ª edição, o evento reúne milhares de livros, em stands de livrarias e editoras, em um dos cartões-postais da cidade: o parque Eduardo 7º, na capital portuguesa.

Além de uma programação cultural intensa, com shows, lançamentos de novos títulos e debates com autores, a feira do livre em geral conta com descontos atraentes.

7. Manjerico

 

O manjerico é uma espécie de "planta oficial" das festas dos santos populares | Foto: Grumbler/Flickr
O manjerico é uma espécie de “planta oficial” das festas dos santos populares | Foto: Grumbler/Flickr

A plantinha verde de origem indiana agrada em cheio aos mais românticos.

O manjerico é a planta “oficial” das festas e arraiais de junho, especialmente em Lisboa.

Uma antiga tradição diz que os namorados presenteiam as amadas com um vasinho com a planta, enfeitado ainda com um cravo de papel e uma bandeirinha com uma pequena poesia.

Mais Ora Pois

Facebook: siga a nossa página por lá e não perca nenhuma atualização

Instagram @orapoisblog: bela imagens de Portugal e muitas dicas do que fazer no país