Dupla transforma palacete degradado em barzinho da moda e muda a cara de bairro de Lisboa

Por Giuliana Miranda

Quando duas amigas tiveram a ideia de transformar um palacete caindo aos pedaços, localizado no coração de um dos bairros mais degradados de Lisboa, em um barzinho recheado de atrações culturais, elas foram vistas com desconfiança até pelos proprietários do espaço.

Cinco anos depois, o empreendimento não só é um sucesso como ajudou a transformar a região do Intendente, no centro da capital portuguesa, em um dos locais mais interessantes da cidade.

A Casa Independente, comandada por Patrícia Craveiro Lopes e Inês Valdez, foi uma das primeiras a se instalar no Largo do Intendente, que hoje fervilha com opções para lojas, bares, restaurantes e até um hotel de luxo.

Pátio da Casa Independente é um oásis em Lisboa | Foto: Marta Pina/Divulgação
Pátio da Casa Independente é um oásis em Lisboa | Foto: Marta Pina/Divulgação

 

Interior da casa tem decoração vintage | Foto: Marta Pina
Interior da casa tem decoração vintage | Foto: Marta Pina

Cinco anos atrás, porém, a agradável pracinha não se parecia nada com o que é hoje.

“As pessoas só conheciam o Intendente pelo tráfico de drogas ou pela prostituição. Achavam que nós estávamos malucas por querer vir para cá”, lembra uma das sócias, Patrícia Craveiro Lopes, sem disfarçar o sorriso de satisfação em ter feito o negócio prosperar.

“Quando começamos, não tínhamos muito dinheiro para a decoração. Então nós usamos e reaproveitamos tudo o que era possível, inclusive o mobiliário que havia sido abandonado no prédio por um antigo posto de saúde que funcionou aqui”, diverte-se.

Hoje, embora as mesas de ferro vintage e os adereços dos antigos ocupantes do prédio continuem presentes, a casa ganhou também uma atmosfera descolada, com fotografias e obras de arte.

Paredes do palacete têm agora exposição fotográfica | Foto: Giuliana Miranda/Folhapress
Paredes do palacete têm agora exposição fotográfica | Foto: Giuliana Miranda/Folhapress

Revitalização

A revitalização do bairro foi uma das prioridades da Câmara Municipal (equivalente da Prefeitura) de Lisboa, que investiu também no policiamento e nas ações de zeladoria no entorno.

Empresários com disposição para ocupar o espaço também receberam linhas de crédito especiais, o que acabou acelerando a dinâmica da economia da região.

Além da Casa Independente, vários a dos outros projetos da vizinhança também são tocados por empreendedoras mulheres.

Receita

Com uma carta caprichada de drinks e petiscos, o espaço tem também apresentações musicais disputadas, inclusive com ritmos africanos.

Nos verões, o colorido pátio é um dos points da cidade, mas também há espaço para ações solidárias, como os brunchs comandados por refugiados sírios.

Nos fins de semana, vale a pena conhecer também o segundo andar do palacete construído em 1863, que tem um bar mais intimista —e que usa e abusa da decoração do antigo posto de saúde que funcionou na casa.

Detalhe da decoração incorpora antigas placas do centro médico que funcionou no local | Foto: Giuliana Miranda
Detalhe da decoração incorpora antigas placas do centro médico que funcionou no local | Foto: Giuliana Miranda

Serviço

Casa Independente
Endereço: Largo do Intendente, 45
Horário: terça a quinta das 17h às 00h , sextas e sábados das 17h às 2h
Contato: +351 218 872 842 e info@casaindependente.com

Mais Ora Pois